Novidades

Reprodução

Luísa Sonza se afasta das redes sociais após receber ameaças de morte

A equipe de Luísa Sonza decidiu afastar a cantora das redes sociais, após ela sofrer ameaças de morte. Os ataques começaram na segunda-feira (31), depois do anúncio da morte de João Miguel, filho de Maria Lina e Whindersson Nunes, ex-marido da artista.

O bebê nasceu prematuro em 29 de maio e não resistiu. Diversos internautas culparam a loira pelo ocorrido com o recém-nascido.
Os responsáveis pela agenda de compromissos da artista ficaram indignados com os ataques e afirmaram que irão processar as contas virtuais que ameaçaram Luísa.

Segundo o colunista Leo Dias, do site Metrópoles, a cantora recebeu imagens de armas e pessoas esfaqueadas, além de áudios que a associam como responsável pela morte do menino.

Assim que tomou conhecimento dos ataques, Luísa gravou vídeos nos Stories do Instagram em que apareceu aos prantos, totalmente transtornada, pedindo para que os internautas parassem de propagar o ódio.

“Pelo amor de Deus parem com essa história. Ninguém aguenta mais, gente. Ninguém aguenta mais. Pelo amor de Deus, parem com isso”, implorou ela. No entanto, os vídeos foram apagados em seguida, mas já tinham viralizado nas redes sociais.

Após o início dos ataques, os comentários no perfil de Luísa foram desativados, e as críticas foram ocultadas. Por causa das reações negativas, o nome da cantora entrou na lista dos assuntos mais comentados do Twitter, com mensagens de apoio dos fãs.

Fonte: Daniel Castro/ Notícias da TV – UOL

Compartilhe com seus amigos