Novidades

Foto: Ricardo Nunes / Divulgação Vivo Rio

Nego do Borel grava show no Rio com intervenções de Wesley Safadão e de 25 bailarinos

Nego Borel começa a (tentar) remodelar a própria imagem no universo pop, sete meses após comentário infeliz em rede social que o levou a ser acusado de transfobia e o fez cancelar a gravação ao vivo de show que faria em janeiro para esperar a poeira baixar.

Na noite de terça-feira, 6 de agosto, o funkeiro pop carioca fez enfim o registro audiovisual de show que adiara forçosamente e que vai dar origem a álbum ao vivo e a DVD.

Foto: Ricardo Nunes / Divulgação Vivo Rio

Em apresentação na casa Vivo Rio, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o artista reuniu time de convidados habituais em gravações do gênero – Wesley Safadão, Kevin O Chris, Ferrugem, Tiee, Matuê, Felipe Araújo e Naiara Azevedo – e interagiu no palco com esse elenco e com a trupe dançante formada por 25 bailarinos.

À frente de cenografia hi-tech, construída com telões de LED e três palcos (sendo um giratório), Nego do Borel cantou com Wesley Safadão a música inédita Ding don – além do hit Você partiu meu coração (Umberto Tavares, Jefferson Junior e Romeu R3, 2017) – e dividiu números como Felipe Araújo (Novinha, vem cá), Kevin O Chris (Rebola na minha), Ferrugem (Ela bota pra f…, música apresentada com a adesão de Naiara Azevedo), Tiie (Cupido) e Matuê (Princesa).

A gravação do show terminou em clima de bailão funk com a intervenção ao vivo de DJ Pelé.

Foto: Rubens Cerqueira / Divulgação

Fonte: G1 Música

Compartilhe com seus amigos